EU E MINHA PRIMA GEGÊ EM 2003 EM FLORIPA.

1204949523_f

Quando paramos e começamos a prestar um pouco mais de atenção em nossas emoções e necessidades simplesmente as negligenciamos frente a uma prioridade circunstancial e invariavelmente externa nesta época as coisas iam um pouco mal para mim, mas dar uma parada, descansar, rever a família foi muito bom.
Desta época para cá, já se passaram 5 anos, muita coisa mudou e muda a cada dia, isto me faz pensar no modo como eu, você e todos vivemos nossas vidas: Procuramos o dentista quando o dente dói. Procuramos o médico quando o corpo já está doente. Procuramos economizar quando o dinheiro começa a faltar. Vamos adiando, adiando, como se fossemos senhores do tempo e de uma vontade maior. A partir do instante que criamos coragem para nos enfrentar muita mudança pode acontecer. Mudar implica em decidir e decisão é coisa de gente grande. Quando há uma decisão, não importa o tempo para sua concretização e efetivação. Uma mudança interna ocorre e nos levará a assumir um comportamento, a tomar uma atitude que por si só é muito positiva.
Mudar implica em evoluir, melhorar. Toda mudança implica em movimento e movimento é VIDA! A vida não é estagnada, parada. Tudo está em movimento o tempo todo. Por que assistir de camarote?
A vida é um grande espetáculo do qual fazemos parte do elenco… Ouse! Não tenha receio de errar, errar também é aprender.
Busque inspiração na criança que está aprendendo a andar. Se hoje você anda foi porque tentou, caiu, se machucou, levantou, tentou novamente e conseguiu.
Existe um ditado chinês que diz o seguinte:
” Ele não sabia que era capaz, só conseguiu, pois ninguém o avisou sobre isto… “.

© Christian Simon

Compartilhe no Google Plus