PARA CONTROLAR LIVREMENTE A NOSSA PRÓPRIA “MENTE”

1183098254_f

Do mesmo modo como não nos resignamos quando o nosso “corpo” fica em estado imperfeito, não devemos também nos conformar quando o estado fenomênico de nossa mente se torna imperfeito, concordando “Está bem assim mesmo”. Quando não conseguimos controlar nossos próprios pensamentos, sentimenntos e desejos, devemos mentalizar diariamente como segue, o que é eficaz taqmbém para curar a “mente” viciada em fumo, álcool, etc.:

Não sou corpo carnal. O atual estado da minha mente não é o estado original. Sou espírito, sou auto-realização de Deus ! Sou um ser dotado de Amor infinito, Sabedoria ilimitada e Vida infindável ! Minha mente é meu instrumento. Um instrumento obedece a vontade de quem o usa. Portanto, minha mente me obedece e procede como eu desejo.
Meu EU verdadeiro é um ser espiritual perfeitamente livre. Controlo livremente meu corpo. Posso executar o que devo fazer, locomover-me para onde quero ir, levar a vida como quero viver. Este corpo é um instrumento meu e será como eu determinar que seja. Neste momento, vejo-me como realmente sou: pleno de saúde e livre de todos os sofrimentos !
Agora, deixo este leito e me levanto. Na verdade, já estou de pé ! Estou caminhando com minhas próprias pernas !
Sou livre, livre ! Sou filho de Deus, sou um ser espiritual plenamente livre !

Do livro: MINHAS ORAÇÕES de Masaharu Taniguchi

Compartilhe no Google Plus